Notícias da CCR MSVia

Notícias

10/04/2015 | Notícia

CCR MSVia completa 1 ano de concessão à frente da BR-163/MS

Neste dia 11 de abril, sábado, a CCR MSVia completa um ano de administração da BR-163/MS, vencendo o desafio de recuperar emergencialmente a principal rodovia de Mato Grosso do Sul. Os números são espantosos. Em apenas 12 meses e com 17 frentes de atuação, os cerca de 200 trabalhadores realizaram serviços de pavimentação, roçada e capina, reparos e limpeza nos sistemas de drenagem, recuperação de defensas metálicas e limpeza geral da estrada.

Segundo Fausto Camilotti, Gestor de Atendimento da CCR MSVia e responsável pelo chamados Trabalhos Iniciais, a principal preocupação foi garantir de forma rápida e eficaz a segurança e a fluidez ao tráfego.

“Enquanto os serviços de duplicação vão sendo realizados em 10 segmentos da rodovia, nós atuamos ao longo de todo o trecho buscando oferecer as melhores condições possíveis para que os usuários pudessem viajar com conforto e segurança”, diz o engenheiro.

Experiência diferenciada

De acordo com Camilotti, as oito frentes responsáveis por capina e roçada ao longo da rodovia, por exemplo, enfrentaram um dos mais complexos desafios nesse campo de atuação entre todas as unidades do Grupo CCR.

“Em doze meses, foram quase 7 mil quilômetros de trechos mantidos com capina e roçada em vários ciclos de trabalho, o que equivale a mais de 8 vezes a distância total da rodovia”, lembra Camilotti. “O clima por aqui é quente e as chuvas frequentes, uma combinação que só faz o mato crescer, e crescer rápido”.

No âmbito da pavimentação, também foi intenso o trabalho das empresas contratadas pela CCR MSVia, conta o engenheiro. Mais de 400 quilômetros da rodovia foram recuperados, com cinco frentes trabalhando sistematicamente e utilizando cerca de 275 mil toneladas de massa asfáltica.

Recuperar a sinalização

As equipes escaladas pela Concessionária para realizar os chamados serviços gerais implantaram mais de 4 mil m² de sinalização vertical (placas) e revitalizaram cerca de 255 mil m² da sinalização horizontal (faixas, tachas refletivas e balizadores).

“Hoje, ao trafegar pela BR-163/MS à noite, por exemplo, o usuário não enfrenta mais aquelas situações de falta de referências para seguir viagem”, diz Camilotti. “Faixas do eixo central e de bordo, refletivos em pontes e balizadores ao longo de toda a rodovia oferecem orientação para quem dirige”.

As quatro frentes de serviços gerais também instalaram 330 quilômetros de cercas e 11 quilômetros de defensas metálicas (guard rails). Em paralelo, limparam mais de 1.300 quilômetros de drenagem, incluindo 337 bueiros e 115 quilômetros de reparos em meios-fios e canaletas. Ainda, 15 pontos críticos de erosões foram corrigidos com serviços de terraplenagem.

“Esses números dão a dimensão do desafio que foi vencido nessa primeira etapa da Concessão, que chegou a Mato Grosso do Sul para transformar a BR-163/MS na Rodovia da Vida”, comemora Fausto Camilotti.

A CCR MSVia - A CCR MSVia assinou o contrato de concessão em março de 2014 e assumiu a rodovia um mês depois, no dia 11 de abril daquele ano. Em julho, a Concessionária deu início à duplicação dos primeiros 80,6 quilômetros da rodovia, que estará inteiramente duplicada em cinco anos. Em outubro, foi implantado o SAU - Serviço de Atendimento ao Usuário, estabelecido em 17 bases operacionais ao longo de 845,4 quilômetros da rodovia, onde cerca de 500 colaboradores atuam em regime de escala, 24 horas por dia, todos os dias, operando mais de 80 viaturas. Essa infraestrutura opera a partir do comando do Centro de Controle Operacional, localizado em Campo Grande, onde também funciona o Disque CCR MSVia, que atende 24 horas por dia pelo telefone 0800 6480163, atendendo gratuitamente a todas as ligações (inclusive de celular) .


Voltar